A cada 15 dias, a Biblioteca Comunitária do Arquipélago, na Ilha Grande dos Marinheiros, realiza um Piquenique Literário. Cada edição ocorre em um lugar diferente da comunidade, como forma de explorar o local. Na sexta (19/1) a atividade foi em frente ao Hotel da Ilha.

“A ideia é caminhar pelo entorno, para as crianças irem me contando histórias e me apresentando os lugares”, conta a educadora social Thali Bartikoski, responsável pela biblioteca e coordenadora da atividade.

O livro conhecido pelas crianças neste encontro foi um trava-língua: Travadinhas, de Eva Furnari.

 

A Biblioteca Comunitária do Arquipélago é gerenciada pela ONG Cirandar, que atua pelo empoderamento e fortalecimento comunitário através de ações que promovem a cultura e o acesso à leitura.